Freak, as in freakdom

Um blag sobre cultura, política, memes e… software livre!

Palestras

without comments

Resumos de oficinas e palestras que costumo ministrar ou já ministrei em eventos de software livre e correlatos.

Oficina: Tutoria em desenvolvimento de Software Livre

O objetivo da oficina é introduzir conceitos básicos do software livre, como as 4 liberdades, colaboração, dinâmica das comunidades, e por fim capacitar pessoas que já tem alguma experiência em programação a participar ativamente de projetos, entendendo a dinâmica e as ferramentas utilizadas pelas comunidades.

Apesar de a oficina ter um foco final em programação, ela também pode ser interessante para pessoas de outras áreas que tem interesse no funcionamento das comunidades de software livre.

Após a oficina, o participante estará apto a começar a modificar o código fonte de um projeto de seu interesse e enviar patches ou relatar bugs e interagir com a comunidade de outras maneiras, como traduzindo aplicações e manuais.

Explicaremos e desenvolveremos conceitos básicos como:
Controle de versão: cvs, svn, git, etc
Comunicação: listas de e-mail, IRC
Compilação e depuração: make, gcc, gdb, etc
Registro e acompanhamento de bugs
Gerar e submeter patches

Após a explicação, os participantes vão colocar o conceito em prática, dando checkout, estudando o código e compilando e modificando um projeto de sua escolha, com o acompanhamento dos monitores/oficineiros.

Descrição completa aqui.

GNU LibreDWG: liberating CAD files

Palestra já ministrada, com alterações, na Unicamp, FISL, Latinoware, GNU Hackers Meetings, LibrePlanet, entre outros.

LibreDWG é uma biblioteca livre para leitura e escrita de arquivos DWG (formato do AutoCAD). Pretende ser uma alternativa às bibliotecas proprietárias da Open Design Alliance e permitir que softwares livres para CAD tenham acesso a arquivos DWG, até pouco tempo impossível sem o uso de
software privativo. A LibreDWG é um pacote oficial do Projeto GNU.

Nessa palestra, além de apresentar o estado atual de desenvolvimento desses e de outros projetos, avaliar seu impacto futuro, assim como buscar
atrair novos colaboradores, discutiremos a importância do desenvolvimento de softwares livres para aplicações em engenharia, explicitando as
consequências negativas que o software privativo pode trazer para o avanço tecnológico.

Encontro de Hackers GNU+Linux-libre: desafios estratégicos para o Software Livre

Mesa realizada em conjunto com Felipe Sanches e Alexandre Oliva no FISL12.

Resumo:

Encontros de Hackers GNU (GNU Hackers’ Meetings) são encontros informais para mantenedores, desenvolvedores e voluntários ativos do Projeto GNU, além do público interessado, realizados ao redor do mundo. Em sua primeira edição no Brasil e na América Latina, a comunidade GNU se junta à comunidade Linux-libre com o propósito de expor e discutir questões estratégicas para o movimento Software Livre, como projetos prioritários e as ameaças causadas pela distribuição de firmware e software não-livre.

Proposta:

Em meados de 1983, Richard Stallman iniciava o Projeto GNU, com o objetivo de criar um sistema operacional totalmente livre. Hoje, quase 30 anos após o seu início, o Projeto GNU é composto por centenas de pacotes desenvolvidos por milhares de hackers, voluntários ou não.

Após cerca de 15 anos, tendo praticamente todos os componentes básicos necessários à criação de um substituto livre ao Unix, como editores de texto, compiladores, depuradores e bibliotecas de sistema, faltava ao Sistema Operacional GNU apenas o kernel, que é o seu núcleo, uma camada de abstração entre o hardware e as aplicações.

Esse vácuo foi finalmente preenchido com o lançamento do kernel Linux e, por alguns anos, foi possível utilizar um sistema operacional totalmente livre. No entanto, os desenvolvedores do Linux passaram a incluir pequenos trechos de código – binário e, geralmente, não livre -, conhecidos por ‘firmware’, que são executados pelos processadores de alguns dispositivos de hardware, como placas wireless e conversores seriais, e necessários ao seu funcionamento. Durante anos, esse problema foi ignorado e não foram buscadas alternativas livres para esses pequenos, mas fundamentais, pedaços de software.

Com a popularização das distribuições GNU/Linux, outras necessidades foram surgindo, e, em alguns casos, muitas vezes inadvertidamente, software não-livre passou a ser utilizado para suprí-las. O [des]compactador de arquivos RAR, Flash e Skype são exemplos corriqueiros.

Nesse encontro, pretendemos discutir mais a fundo essas questões, buscando soluções que permitam que os usuários de computador exerçam a liberdade de software plenamente.

Programa resumido:

  • Palestra geral: o Projeto GNU e os atuais desafios estratégicos para o Software Livre (30 min)
  • Lightning talks: Libertando o RARv3; Linux-libre; Firmwares livres; LibreDWG; Distros 100% Livres (8 a 10 min cada)
  • Discussão/Perguntas (20 a 30 min)

Written by Rodrigo R. Silva

outubro 6th, 2011 at 2:39 pm

Posted in